• Interação transcultural nos serviços de saúde
Elaine Cristina Camillo da Silva, Dalton Luiz De Paula Ramos

Resumen

Este estudo teve como proposições: compreender o processo da interação entre profissionais de saúde e usuários estrangeiros nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Programa Saúde da Família (PSF); conhecer o significado da experiência dos profissionais de saúde ao interagir com os usuários estrangeiros; evidenciar questões bioéticas na experiência de interação entre profissionais e usuários estrangeiros. Utilizou-se como referencial teórico o Interacionismo Simbólico e como referencial metodológico a Teoria Fundamentada nos Dados, até a codificação axial. A análise dos dados, apresentada como ordenamento conceitual, levou à definição de quatro grandes temas: (1) "procurando comunicar-se"; (2) "percebendo limites"; (3) "percebendo interação como processo"; (4) "percebendo perspectivas diferentes". O percurso de interação profissional – usuário estrangeiro foi desencadeado a partir de uma escolha: atender a todos indiscriminadamente, tornando possível a aproximação. Perceber ou não no usuário estrangeiro sua dignidade de pessoa humana parece ser determinante na abertura do profissional à interação, na sua disposição a buscar estratégias.

Abstract

Abstrato

This study had the following objectives: to understand the interaction processes among health professionals and foreign users in the Unidades Básicas de Saúde (UBS) and the Program for Family Health (PSF); to get to know the significance of the health professional’s experience as they interact with foreign users; to put in evidence bioetiques issues in the experience of professionals and foreign users interaction. It was used as a theorical referential the Symbolic Interacionism and as methodological reference a Grounded Theory up to an axial coding. Data analysis presented as conceptual ordering, lead to the definition of four great issues: (1) "trying to communicate"; (2) "detecting limits"; (3) "recognizing interaction as a process"; (4) "recognizing different perspectives". The route of professional – foreign users interaction was developed from one choice: attend everyone (indiscriminately) making approximation possible. To recognize or fail to recognize in the foreign user the dignity of human person seems to be the determining factor for the openness of the professional to the interaction, in his disposition to seek strategies.

Palabras clave

bioética, humanização, relacionamento profissional-paciente, transcultural

keywords

bioética, humanización, relación profesional-paciente, transcultura

Palavras-chave

bioethics, humanization, physician-patient relationship, transcultural

Full Text: PDF